Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

ENGENHARIA MILITAR SE ENCONTRA DESDOBRADA PARA EMPREGO NA OPERAÇÃO AMAZÔNIA

Manaus (AM) – Desde o dia 3 de maio, tropas do 2º Grupamento de Engenharia (2º Gpt E) estão desdobradas para emprego na 1ª Fase da Operação Amazônia 2021, voltada para o adestramento em combate de Resistência. A articulação do 2º Gpt E, sediado em Manaus-AM, encontra-se da seguinte forma: - 5º Batalhão de Engenharia de Construção, em Porto Velho-RO, para apoiar a 17ª Brigada de Infantaria de Selva; - 6º Batalhão de Engenharia de Construção, em Boa Vista-RR, para apoiar a 1ª Brigada de Infantaria de Selva; - 7º Batalhão de Engenharia de Construção, em Rio Branco-AC, para realizar o apoio ao conjunto ao Comando do Teatro de Operações Amazônia; - 8º Batalhão de Engenharia de Construção, em Santarém-PA, com tropas desdobradas em Tefé-AM, para apoiar a 16ª Brigada de Infantaria de Selva e, ainda, reforçando a 21ª Companhia de Engenharia de Construção (21ª Cia E Cnst); e - 21ª Cia E Cnst, em São Gabriel da Cachoeira, na Cabeça do Cachorro, para apoiar a 2ª Brigada de Infantaria de Selva.

Dessa forma,  o 2º Gpt Eng apoiará a 1ª fase da maior operação de defesa externa já realizada pelo CMA.

registrado em:
Fim do conteúdo da página