Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Operação Amazônia: Marcha para o Combate

No contexto da Operação Amazônia, o General Theophilo - Comandante do Teatro de Operações (TO) - acompanhou nesta terça-feira (24) as atividades desencadeadas pela 13ª Brigada de Infantaria Motorizada (13ª Bda Inf Mtz) e 17ª Brigada de Infantaria de Selva (17ª Bda Inf Sl). As atividades se iniciaram ainda nas primeiras horas do dia com o deslocamento do Comandante do TO, do Chefe do Centro de Coordenação de Operações (CCOp) - General Omar - e equipe de verificação do Comando Militar da Amazônia (CMA) para a comunidade São Francisco/AM ( 180 quilômetros de Manaus), região na qual foi apresentado um dos incidentes montados pela Força Oponente (ForOp) do País Vermelho.

Em seguida, o General Theophilo deslocou-se ao Posto de Comando Tático (PCT) da 13ª Bda Inf Mtz e foi recebido pelo Comandante - General de Brigada Salgado, que conduziu briefing das ações realizadas na marcha para o combate empreendida para buscar o contato com o inimigo ao longo de seu eixo de progressão, a BR - 319.

Durante a verificação o Comandante do TO visitou instalações da Brigada, como a área de trens de estacionamento e o Posto de Comando Recuado (PCR). Teve destaque a infiltração realizada pela Força-Tarefa XXX (FT), e simulação de ataque aéreo ‘simulado’ por aeronaves do 2º/3º Grupo de Aviação (2º/3º GAv) - Unidade Aérea da Força Aérea Brasileira (FAB) em Porto Velho/RO, ataque aéreo defendido por elementos do 12º Grupo de Artilharia Anti Aérea (12º GAAAe).

Dando continuidade à verificação, o Comandante deslocou-se para a comunidade do Divino Espírito Santo (Borba/AM) a fim de verificar as ações da Marcha para o Combate Fluvial empreendida pela 17ª Bda Inf Sl ao longo de seu eixo de progressão - Rio Madeira.

Durante a verificação da 17ª Bda Inf Sl, o Comandante teve a oportunidade de acompanhar presencialmente o trabalho do Estado-Maior da Brigada, realizado a bordo do Posto de Comando Fluvial (PCFlu).

Ao fim da jornada, o Comandante e equipe seguiram para a embarcação IANA III, onde foi conduzido briefing pela Direção do Exercício (DIREX) e pelo Observador e Controlador de Adestramento (OCA) da 17ª Bda Inf Sl. A embarcação IANA III serviu ainda de Posto de Comando da Força Terrestre Componente (FTC), de onde o General Theophilo pode exercer o comando e controle das operações em curso.

A Operação Amazônia é o maior exercício de defesa da Pátria já realizado em nossa estratégica região.

registrado em:
Fim do conteúdo da página